Segunda, 17 de Maio de 2021 12:25
61998647854
Geral Dinheiro Público

Em meio a reclamações, cidadão precisa fiscalizar o Portal da Transparência dos órgãos

Redes sociais induz população apenas para reclamar e não a fiscalizar

29/03/2021 09h23
Por: Redação Fonte: Redação
População precisa reclamar menos e fiscalizar mais, e ainda promover denúncias
População precisa reclamar menos e fiscalizar mais, e ainda promover denúncias

Praticamente todas as reclamações sobre a atuação do poder público nesta pandemia surgem pelas redes sociais. Ou seja, uma pessoa tem acesso a informação e, logo que o fato é publicado nas redes, viraliza e ganha proporções incalculáveis.

Mas não é sempre assim. O grande problema são as notícias falsas, conhecidas como fakenews. Aliados políticos e bandidos virtuais, sempre escondidos em escritórios de crimes cibernéticos, usam das fakenews para espalhar o terror e o cidadão acaba perdendo tempo com esse tipo de conteúdo nas redes sociais, quando poderia estar se dedicando a fiscalizar de verdade os serviços públicos ao qual tem direito.

Enquanto muitos gestores públicos fazem o que querem como dinheiro da população e até mesmo tomam as decisões sem consultar os setores representativos, milhares de internautas acabam seguindo as “modinhas” dos influenciadores que, como é de costume, não fazem nada de graça.

Um detalhe a ser observado: algum dia você já parou para pesquisar nos sites da Câmara Federal e do Senado para ver quanto o seu deputado e senador gastam por mês? Quantos funcionários eles têm e quanto custa a sua estrutura?

São fatores como esse que a população precisa parar de perder tempo com outras coisas e se dedicar a isso. Se for preciso, tem que promover denúncias nos órgãos fiscalizadores, como Ministério Público e Tribunal de Contas.

Sempre que tem um protesto em frente a residência do governador, empresários, por exemplo, se juntam a políticos em busca de respostas sobre o fechamento do comércio ou não. A prioridade é liberar a agenda do comércio e os inúmeros casos e mortes por Covid-19 ficam em segundo plano nesta pandemia.

Mas a pergunta que fica é: porque manifestantes cobram apenas o Governo? E os deputados e senadores, eles não tem responsabilidade sobre tudo que está acontecendo nesta pandemia? Ou será que os manifestantes estão apenas seguindo os “puxadores de fila”, como os políticos que já são “pré-candidatos” no ano que vem? 

Quantos desses manifestantes já fiscalizaram o dinheiro público e deram uma navegada pelo Portal da Transparência dos órgãos? São perguntas que merecem respostas para que a sociedade não seja “massa de manobra” de quem tem o poder do marketing e do convencimento.

Quem contribuir, escreva para o DF Informa: [email protected] ou mande um WhatsApp: (61) 99864-7854.

Veja os principais links para você fiscalizar o seu "político" e o dinheiro que você paga de imposto:

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Fogo no Parquinho
Sobre Fogo no Parquinho
Tudo sobre política.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (18/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quarta (19/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Ele1 - Criar site de notícias