Sexta, 28 de Janeiro de 2022 12:32
61998647854
Educação Ensino inovador

Escola de Impacto abre inscrições para a nova turma de 2022

O curso tem o propósito de formar jovens responsáveis e inspirados a transformar o futuro da sociedade. As inscrições estão abertas até fevereiro

02/12/2021 23h45 Atualizada há 14 horas
Por: Redação Fonte: Redação
A Escola de Impacto não é apenas um curso
A Escola de Impacto não é apenas um curso

Quer fazer parte da próxima geração de empreendedores socioambientais de impacto? Jovens que desejam contribuir com soluções para melhorar o país podem se inscrever para as novas turmas do curso da Escola de Impacto , que começam em março de 2022. As aulas serão online, para todas as regiões do Brasil e, ao todo, serão 25 vagas. As inscrições estão abertas até o dia 15 de fevereiro e podem ser realizadas pelo site CLICANDO AQUI.

O percurso da Escola de Impacto tem dois anos de duração, com encontros semanais, no formato de mentorias, estudos e aprofundamento dos temas, e é destinado a jovens de 14 a 19 anos de todo o Brasil.

Durante as aulas, os jovens serão mentorados por grandes nomes como: Abílio, Geyze e Ana Maria Diniz (Instituto Península), Elie Horn (Instituto Cyrela), Celso Athayde (CUFA), Edu Lyra (Gerando Falcões), Carola Matarazzo (Movimento Bem Maior), Caroline Celico (Fundação Amor Horizontal), Rony Meisler (Reserva), Priscila Cruz(Todos Pela Educação), Daniel Moraes (Atados), Duda Alcantara (Renovação Política), Luiz Ventura e Jairo Marques (jornalistas), Luciana Temer (Instituto Liberta), Eliane Malteze (Uzoma Diversidade), Kaká Rodrigues (Diversidade Agora!), Yana Lima (Empoderando Refugiadas), Carlo Pereira (Pacto Global), dentre outros .

"Nosso objetivo é transformar jovens em cidadãos conscientes e atuantes, por meio do desenvolvimento de competências e habilidades socioemocionais voltadas para o impacto socioambiental. Acreditamos que a diversidade e a representatividade são elementos essenciais para a construção de projetos de impacto que transformam o mundo", explica Vanessa Destéfani, diretora da Escola de Impacto.

No primeiro ano do percurso, os estudantes são separados por idades e tem aulas sobre temas como clima e meio ambiente, educação para os direitos humanos, educação política, desigualdade social, racismo, cultura de doação e filantropia, neurociência e preconceito, pessoa com deficiência, ESG - assuntos relevantes no contexto atual, importantes para a vida em coletividade e para a criação de projetos de impacto que busquem transformar o mundo em um lugar melhor, com mais empatia, justiça e diversidade.

Já no ano 2, os jovens participam de um laboratório de inovação e criatividade tendo o Design Thinking (conjunto de métodos, ferramentas e técnicas que orienta a pensar e criar soluções baseadas nas necessidades, desejos, problemas e anseios), como metodologia principal para o desenvolvimento de projetos de impacto nas áreas social e/ou ambiental.

"A Escola de Impacto não é apenas um curso, é um percurso que além de conteúdos teóricos, busca resultados concretos, capacitando os jovens para o impacto positivo no mundo. Estimula a experimentação prática da realidade, fomentando a construção de novos imaginários de cidadania em nossos alunos. A partir daí, pretendemos transformar nossa juventude em adultos questionadores, empáticos, conscientes e protagonistas na transformação do mundo num lugar melhor para todos", finaliza Vanessa.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias