Quinta, 16 de Setembro de 2021 21:38
61998647854
Cidades Câmara Legislativa

Catadores passam a ter prioridade na coleta de resíduos sólidos no DF

A coleta seletiva inclusiva compreende a coleta dos resíduos que são destinados a uma área de triagem

27/07/2021 08h04
Por: Redação Fonte: Redação
Catadores passam a ter prioridade na coleta de resíduos sólidos no DF

As associações e cooperativas de catadores de materiais recicláveis agora têm prioridade na coleta de resíduos sólidos nos condomínios horizontais do Distrito Federal. A prerrogativa foi estabelecida pela Lei 6.907/2021, publicada no Diário Oficial do DF.

Para o autor da proposição, deputado João Cardoso, a nova lei irá favorecer a inclusão social, com geração de renda para famílias em situação de vulnerabilidade.

Ainda segundo o distrital, a iniciativa atende reivindicações dos representantes da categoria e dos condomínios. "A coleta seletiva inclusiva compreende a coleta dos resíduos que são destinados a uma área de triagem, onde os catadores selecionam os materiais com potencial de reciclagem para serem comercializados, gerando, assim, renda para famílias carentes e preservação do meio ambiente", explicou.

Em conformidade com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, a proposta alterou a lei 6.615/2020, que trata da coleta de resíduos sólidos nos condomínios horizontais pelo Serviço de Limpeza Urbana.

O projeto de lei foi protocolado na Câmara Legislativa na Semana do Meio Ambiente, quando João Cardoso, que é servidor do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), discursou em plenário sobre a importância desses profissionais na preservação da biodiversidade.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias