Segunda, 26 de Julho de 2021 22:20
61998647854
Saúde Gestão da Pessoas

Projetos do IGES-DF envolvem colaboradores e melhoram a saúde oferecida à população

Diretora Vice-Presidente Mariela de Jesus coordena os trabalhos estratégicos para empoderar os funcionários.

10/07/2021 11h56 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Redação
UPA Ceilândia é uma das unidades administradas pelo IGES-DF
UPA Ceilândia é uma das unidades administradas pelo IGES-DF

Os profissionais de saúde sempre foram os verdadeiros heróis na hora de salvar vidas, assim como os bombeiros. Mas com a pandemia, a aceitação desses guerreiros aumentou ainda mais e, por trás de um verdadeiro exército de profissionais que estão na linha de frente no combate à Covid-19 e também no dia a dia dos atendimentos assistenciais, estão os gestores da saúde.

O Distrito Federal está entre os que mais se destaca na federação quando o assunto é combate a pandemia. Mesmo sendo território do alto poder, como o Congresso Nacional, órgãos do judiciário e até mesmo a residência do presidente da República, o DF só está conseguindo superar as adversidades da pandemia com a estruturação da equipe organizada pelo governador Ibaneis Rocha, que faz aniversário nesta semana.

Na linha de frente da Secretaria de Saúde, atualmente a principal e mais importante pasta do Governo do Distrito Federal, está o secretário Osnei Okumoto.

Secretário de Saúde, Osnei Okumoto, em destaque na imprensa (revista)

Osnei Okumoto é farmacêutico de profissão e gestor profissional reconhecido pela mídia e pelas lideranças políticas, exceto por alguns nomes que tentam antecipar a campanha eleitoral do ano que vem para fazer politica e emitir ataques a saúde como um todo. Prática essa que não contribui com o enfrentamento da pandemia e nas melhorias da saúde.

Se a gestão da saúde precisa ser eficiente para combater a Covid-19, o cotidiano da população precisa da saúde assistencial, aquela oferecida primeiramente nos postos de saúde e nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), antes de chegar aos hospitais. O DF deve ganhar em breve sete novas UPAs, conforme anunciou o governador Ibaneis Rocha. Parte delas deve ser inaugurada a qualquer momento. “O governador sabe que estruturar a saúde é cumprir seu compromisso com as pessoas e garantir sucesso da sua gestão. A saúde sempre foi e sempre será um divisor de águas na aceitação política e no índice de popularidade. Ibaneis tem nas mãos a chance de melhorar a saúde e está fazendo, mas pode ampliar esse trabalho se dedicar parte da sua agenda a essa área”, diz o analista político e diretor de veículo de comunicação, Queiroz Neto.

Governador Ibaneis Rocha em visita técnica a uma das UPAs que será entregue à população em breve

Para manter a assistência funcionando e com total estrutura de atendimento diário a população, o governo aposta no Instituto de Gestão Estratégica da Saúde do Distrito Federal (IGES-DF), órgão criado há poucos anos, mas que se tornou o “cérebro e o coração” da saúde, atendendo moradores do DF e de cidades vizinhas do estado de Goiás.

Atualmente, o IGES-DF é responsável por todas as seis UPAs do DF e ainda dois hospitais, Base e Santa Maria. Para fazer todas essas estruturas funcionarem de acordo com a necessidade da população, o instituto conta com Conselho de Administração e uma Diretoria. O ex-ministro Gilberto Occhi é o diretor-presidente do órgão, e a advogada Mariela Souza de Jesus, é a vice-presidente. 

Gilberto Occhi, no dia da posse ao assumir o comando do IGES-DF

Clique aqui e conheça o Planejamento Estratégico do IGES-DF 2020-2023

Nos últimos meses, o IGES-DF investiu em projetos que valorizam os funcionários e geram oportunidades para novos profissionais que queiram integrar o time estratégico que atua na saúde.

Clique aqui e veja os processos seletivos

Projeto Em Pauta

A vice-presidente, Mariela Souza de Jesus, lidera os trabalhos do “Em Pauta”, uma das ações do programa Reconhecer,  desenvolvido pela diretoria do IGESDF com foco na valorização dos colaboradores. O objetivo é aproximar a diretoria dos colaboradores. Ao fim de cada encontro, a diretoria apresenta aos demais setores do instituto os pontos destacados pelos colaboradores para elaboração de propostas e avaliação das sugestões apresentadas.

O projeto teve início em 2020 e já passou pelas seis UPAs do IGESDF, além do Hospital de Base. As próximas unidades a sediar setores que podem receber o projeto até o final do ano são o Hospital Regional de Santa Maria e a sede administrativa do IGESDF. O projeto também deve retornar às unidades já visitadas.

Ao centro, a vice-presidente Mariela de Jesus, durante participação no projeto Em Pauta

No início de julho, a vice-presidente, Mariela de Jesus esteve com o projeto na Central de Armazenamento do IGESDF, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).  Ela ouviu as contribuições e sugestões dos colaboradores para aprimorar o desempenho de áreas como Patrimônio, Arquivo, Logística, Transporte, Tecnologia da Informação (TI), Obras e Planejamento, entre outras.

Esta foi a oitava edição do projeto, que apresentou uma novidade: a Gerência de Planejamento e Desenvolvimento Institucional destacou as principais mudanças adotadas na atual gestão, como a reestruturação organizacional e administrativa para reduzir custos e fazer com que a população seja melhor atendida.

“Isso faz com que nosso colaborador se sinta bem e reforce ainda mais o compromisso de oferecer um bom atendimento na saúde pública para os pacientes”, ressaltou Mariela.

“O atual papel da Vice-Presidência é focar no planejamento do Instituto, não só na estratégia, mas também na gestão de pessoas e no aperfeiçoamento dos processos, como, por exemplo, o de produção e o da qualidade”, explicou Matheus Campos, gerente de Planejamento e Desenvolvimento Institucional do IGES-DF.

A unidade do SIA é responsável pelo gerenciamento de produtos, de compra e pela manutenção e coordenação de insumos e serviços, além do setor financeiro e de contabilidade de todas as unidades do IGESDF. O espaço concentra a força de trabalho da Central de Armazenamento, a Diretoria de Administração e Logística, a Superintendência da Unidade Central de Administração e as Gerências Gerais de Administração, Logística de Serviços e Logística de Insumos.

Projeto Compliance em Foco

A Coordenação de Compliance e Governança do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGES-DF) está percorrendo as unidades de saúde para realizar o projeto Compliance em Foco. A primeira edição aconteceu no Hospital de Base.

A ação consiste em reuniões periódicas com a alta administração do instituto para compartilhar orientações e expectativas quanto às ações de integridade e comportamentos éticos no ambiente corporativo.

No encontro, que seguiu todas as medidas de prevenção à Covid-19, foram apresentados os pilares do Programa de Integridade do IGESDF, que busca prevenir, detectar e sanar eventuais irregularidades no âmbito institucional. Para isso, o programa possui um conjunto de mecanismos para controle interno, gestão de riscos e auditoria.

Outra ação foi abordar aspectos importantes do Código de Ética e Conduta, como combate ao assédio moral no ambiente corporativo.

“Esses encontros serão periódicos e ocorrerão em todas as unidades de saúde sob gestão do IGES-DF. A iniciativa tem como objetivo fortalecer a política de integridade do IGES-DF e estimular condutas éticas por parte do corpo funcional”, ressaltou o Coordenador de Compliance e Governança, Eduardo Corrêa, que estava acompanhado dos analistas de Compliance, Marcos Roberto Borges e Raiana Falcão Ferreira.

Outras unidades que receberam a presença da equipe de Compliance foi o Hospital de Santa Maria e a Unidade de Pronto Atendimento de Sobradinho.

O IGES-DF possui outros projetos que melhoram as condições internas de trabalho com o envolvimento de todos os funcionários.

Projeto Compliance em Foco, desenvolvido pelo IGES-DF com o público interno

Para que as UPAs e os hospitais funcionem efetivamente, os gestores liderados pelo presidente Gilberto Occhi e a vice-presidente Mariela de Jesus, têm oferecido condições para o fortalecimento e a estruturação de diversos setores do instituto, para que todos possam unir forças e talentos na gestão da saúde de qualidade disponibilizada à população. 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Brasília - DF
Atualizado às 22h14 - Fonte: Climatempo
19°
Alguma nebulosidade

Mín. 14° Máx. 26°

19° Sensação
6 km/h Vento
49% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (27/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Quarta (28/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias