Segunda, 17 de Maio de 2021 13:01
61998647854
Geral Internacional

Se a moda pega: presidente da Colômbia põe militares nas ruas contra protestos

Presidente usa o poder da caneta para avançar contra sindicatos e movimentos sociais

03/05/2021 02h10
Por: Redação Fonte: Redação
Até a polícia de choque está atuando nas ruas
Até a polícia de choque está atuando nas ruas

O presidente da Colômbia, Iván Duque, anunciou na noite de sábado a mobilização de militares nas ruas das principais cidades do país para conter protestos contra a reforma tributária. A intensidade das manifestações aumentou desde quarta-feira, quando foi convocada uma greve nacional, que teve mais apoio do que o esperado, já que a Colômbia vive o pior momento da pandemia. No sábado, ocorreram incidentes entre policiais e manifestantes nas principais cidades, com saldo de mais de 330 policiais feridos e 249 detidos sob a acusação de vandalismo.

Cali é a fonte de maior tensão. A polícia confirmou que, desde o início da greve convocada por sindicatos e movimentos sociais, já ocorreram 10 homicídios por causas não especificadas.

Entre as vítimas está um menino de 16 anos. Esse pode ser o menino que aparece em um vídeo atingindo um policial motorizado. O agente, após ser chutado, corre atrás dele e atira duas vezes em suas costas. O diretor da Human Rights Watch para as Américas, José Miguel Vivanco, confirmou no Twitter a veracidade da gravação. Vivanco afirma estar recebendo graves denúncias de abusos cometidos pela polícia em Cali, capital do departamento de Valle del Cauca. “A cidade tem todo o direito de se manifestar e deve fazê-lo pacificamente. A polícia deve garantir o respeito pelos direitos humanos”, acrescentou.

Duque está tentando realizar uma reforma tributária com a qual possa aliviar o rombo que a pandemia deixou na economia. O dirigente conta com a aprovação da maioria dos especialistas em economia para realizá-la, mas esbarrou na rejeição da oposição e de boa parte da sociedade. Na sexta-feira, o presidente colombiano anunciou em seu programa diário de televisão que vai modificar o texto, que está em exame no Congresso, para que o IVA (Imposto sobre o Valor Agregado) permaneça como está e a base do imposto de renda tributável não seja ampliada, um claro aceno para a classe média. Mesmo assim, milhares de pessoas saíram às ruas no sábado para expressar seu descontentamento pelo quarto dia consecutivo, que coincidiu com o Dia do Trabalho.

No anúncio da mobilização de militares, Duque tentou transmitir a mensagem de que a situação estava sob controle. Ele fez o anúncio na Casa de Nariño, o palácio de governo, acompanhado pela vice-presidente, Marta Lucía Ramírez, o ministro do Interior, Daniel Palacios, e o comandante do Exército, Eduardo Zapateiro.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (18/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quarta (19/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Ele1 - Criar site de notícias