Segunda, 17 de Maio de 2021 12:35
61998647854
Saúde Covid-19

Vacinação de pessoas com comorbidades é anunciada pela Secretaria de Saúde e Casa Civil

Vacinação de pessoas com comorbidades é anunciada pela Secretaria de Saúde e Casa Civil

30/04/2021 00h01
Por: Redação Fonte: Redação
Equipe da Secretaria de Saúde e Casa Civil em coletiva sobre vacinas no DF
Equipe da Secretaria de Saúde e Casa Civil em coletiva sobre vacinas no DF

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal está avançando com a vacinação da população e tem enfrentado os desafios da pouca quantidade de doses disponíveis no Brasil. O plano de vacinação de comorbidades foi apresentado durante coletiva de imprensa e se divide em duas fases (veja abaixo) e está condicionado à chegada de doses da vacina à capital.

“Estamos aguardando a chegada de 5 mil doses da Pfizer/BioNTech na segunda-feira (3) e a ideia é que elas sejam aplicadas nesse novo grupo”, informou o secretário chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha.

O primeiro passo é o preenchimento do cadastro on-line. Em seguida, a Secretaria de Saúde fará um cruzamento dos dados da pessoa e do CID da doença relatado com as informações de um banco de dados da pasta. Dessa forma, poderá dar sequência ao agendamento da vacinação.

Secretário de Saúde, Osnei Okumoto, tem atuado com a equipe de forma transparente durante a pandemia

 

“Se o paciente teve passagem por unidades públicas, o nome dele já estará na nossa rede. Caso ocorra inconsistência nos dados, a Secretaria de Saúde entrará em contato”, explicou a subsecretária Christiane Braga. “Quem tem comorbidade e foi consultado em clínicas particulares, o cadastro é indispensável para que tenhamos acesso aos dados para análise. Depois, o nome será incluído nessa lista”, complementou.

População com comorbidades

O total estimado de comórbidos no DF da faixa etária entre 18 e 59 anos é de cerca de 364 mil pessoas e são esses que o GDF indica para o cadastramento. No caso do público de 60 e 61 anos, a Secretaria de Saúde segue um outro cronograma de imunização, que inicia nesta sexta-feira (30).

De acordo com a secretaria, indivíduos com deficiência permanente, gestantes e puérperas com comorbidade, pessoas com Síndrome de Down e pacientes em terapia renal substitutiva serão os primeiros imunizados, entre os dias 4 e 6 de maio. Grávidas sem qualquer doença pré-existente também serão contempladas na etapa 2.

“Foi feito todo um trabalho de planejamento para esses pacientes com comorbidade, aprovado em seguida pela nossa equipe técnica. Muitos já são atendidos pelo SUS aqui no DF e outros utilizam convênios particulares. Vamos imunizar todos, seguindo o cronograma”, observou Osnei Okumoto.

A pasta esclarece ainda que menores de 18 anos ainda não são vacinados no Brasil, por indicação médica e orientação do Ministério da Saúde.

Índice de transmissão

O índice de transmissão da covid-19 hoje é de 0,82, número que vem caindo ao longo dos últimos meses. Segundo dados atualizados pela pasta da Saúde, o Distrito Federal já vacinou até o momento 424.833 pessoas com a primeira dose e mais 246.346 com a segunda.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (18/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quarta (19/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Ele1 - Criar site de notícias